Temas e notícias diversas sobre questões relacionadas com o ensino, actividades escolares, questões sociais e das novas tecnologias.
Terça-feira, 25 de Outubro de 2005
ESCOLA VIRTUAL PARA AS COMUNIDADES

DSCN3335 PEQ.jpg


Lusa | 24.10.2005


A Secretaria de Estado das Comunidades apresenta hoje a Escola Virtual para as Comunidades, que permitirá que portugueses e lusodescendentes residentes no estrangeiro possam aprender a língua portuguesa através da Internet.


Os filhos dos emigrantes portugueses poderão aprender a língua portuguesa e conhecer a cultura de Portugal na Internet através da Escola Virtual, apresentada hoje pela Secretaria de Estado das Comunidades.


Numa parceria com o Ministério da Educação, Caixa Geral de Depósitos, Porto Editora, Universidade Aberta e Lusíada, RDP e RTP, esta plataforma electrónica de ensino pretende abranger numa primeira fase 11 mil alunos.


Para já, serão disponibilizados online os programas curriculares do 9.º ao 12.º anos, prevendo-se que em 2007 os alunos tenham acesso aos programas dos restantes anos de escolaridade.


Especialmente dirigida aos lusodescendentes e portugueses residentes no estrangeiro, a Escola Virtual estará também acessível a qualquer cidadão interessado em aprender a língua portuguesa.


De acordo com o secretário de Estado das Comunidades, António Braga, os alunos vão trabalhar num sistema de auto-aprendizagem, onde só lhes é permitido avançar de nível depois de responderem correctamente a várias questões. Os estudantes irão dispor também de uma rede de professores para esclarecerem dúvidas.


Aos interessados serão distribuídos cartões que permitam criar uma conta de utilizador, através da qual têm acesso às aulas e a outros conteúdos como informações sobre a história, gastronomia ou património. Para já serão distribuídos 11 mil cartões, válidos por um ano, que poderão ser adquiridos nos consulados portugueses a um custo anual simbólico de 20 euros.


Os recursos de aprendizagem online das disciplinas de Português e Língua Portuguesa serão disponibilizados pela Porto Editora. Às universidades envolvidas neste projecto caberá avaliar a qualidade dos conteúdos e certificar o nível de aprendizagem dos alunos, através de um exame presencial naqueles estabelecimentos de ensino ou nas representações diplomáticas portuguesas.


A RTP e a RDP colaboram através da divulgação das "aulas virtuais", enquanto a Caixa Geral de Depósitos vai assegurar a cobertura financeira do projecto, orçado em cerca de 100 mil euros.



Publicado por marquesarede às 15:26
Link do post | comentar | favorito

Posts recentes

EVENTOS

SONHAR

MEDIAÇÃO E PSICOTERAPIA N...

RESPONSABILIDADES

QUALIFICAR

ESTUDAR A EDUCAÇÃO

ELEGER

DESEMPENHO

FUSÕES

ESTADOS D'ALMA

Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Posts recentes

EVENTOS

SONHAR

MEDIAÇÃO E PSICOTERAPIA N...

RESPONSABILIDADES

QUALIFICAR

ESTUDAR A EDUCAÇÃO

ELEGER

DESEMPENHO

FUSÕES

ESTADOS D'ALMA

Arquivos

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Links
subscrever feeds