Temas e notícias diversas sobre questões relacionadas com o ensino, actividades escolares, questões sociais e das novas tecnologias.
Terça-feira, 18 de Setembro de 2007
PRECARIDADES

Alunos passam frio nas escolas
18-09-2007 in Portugal Diário

 

Muitos alunos portugueses passam frio e respiram mal dentro das salas de aula, revela um estudo da DECO, segundo o qual quatro em cada cinco escolas têm temperaturas baixas e excesso de humidade no ar, noticia a Lusa. [+]



Publicado por marquesarede às 22:33
Link do post | comentar | favorito

MATEMATICANDO

Poucas horas para Matemática
18-09-2007 in Portugal Diário

 

Portugal é o segundo país da OCDE que menos tempo dedica à Matemática e às competências da língua materna no currículo do 2º ciclo do ensino básico, de acordo com o relatório «Panorama da Educação 2007», esta terça-feira divulgado. [+]



Publicado por marquesarede às 22:31
Link do post | comentar | favorito

APEE

EXISTEM TEMAS QUE DEVERIAM PREFERENCIALMENTE SABER-SE NESTE BLOG, MAS QUE FELIZMENTE ATÉ SE PODEM SABER AQUI:

 

http://praiadosmoinhos.blogspot.com/2007/09/apee-da-escola-d-manuel-i-recorre-asae.html#links

 

O IMPORTANTE É DAR A DIVULGAR,MAS FRANCAMENTE...DESENGANE-SE QUEM ENTENDE QUE INDIFERENÇA MATA! SEMPRE HOUVE UM ANTES...DURANTE E DEPOIS!

DESCONSIDERAÇÕES Á PARTE....A VIDA CONTINUA!

 

 



Publicado por marquesarede às 22:16
Link do post | comentar | favorito

MATEMÁTICAMENTE

Programa de Matemática

Discussão pública do reajustamento
do Programa de Matemática do Ensino Básico

O reajustamento do Programa de Matemática do Ensino Básico, está em discussão pública até ao dia 4 de Outubro de 2007.

O reajustamento do Programa de Matemática do Ensino Básico é uma das acções do Plano de Acção para a Matemática.
A concretização desta medida implicou o convite a uma equipa de especialistas e investigadores da área da Matemática e da Educação Matemática. Esta equipa teve como função proceder ao reajustamento dos Programas de Matemática do Ensino Básico actualmente em vigor.
Este reajustamento, está num documento único, engloba para cada um dos ciclos os objectivos, os temas matemáticos e as orientações metodológicas e aspectos ligados à gestão curricular e à avaliação.

- Programa de Matemática

Até ao dia 4 de Outubro de 2007, podem ser enviados para programa.matematica@dgidc.min-edu.pt os pareceres sobre este documento.



Publicado por marquesarede às 22:07
Link do post | comentar | favorito

1000 Itens

1000 Itens

Nova publicação de itens do projecto 1000 itens, correspondendo a mais 22 tarefas (44 novos itens). Questões de Matemática para alunos do 3.º ciclo sobre Álgebra e Funções, Estatística e Probabilidades, Geometria e Cálculo.
Um desafio a não perder!

Até ao presente já foram disponibilizados 344 itens correspondendo a 161 tarefas.

A conclusão deste projecto está prevista para o final do ano de 2007.

Convidam-se os professores de matemática a sugerirem itens originais – i.e., desenvolvidos pelos próprios – para este projecto, enviando-os para a caixa de correio electrónico do GAVE.

Os itens, agregados por domínio temático encontram-se aqui.

 



Publicado por marquesarede às 22:05
Link do post | comentar | favorito

PISA

PISA – Programme for International Student Assessment

O GAVE disponibiliza agora as unidades de itens libertos para utilização pública dos ciclos do PISA 2000, PISA 2003 e PISA 2006.
As unidades de itens do PISA têm como principal objectivo testar as competências dos alunos de 15 anos nas diferentes literacias: literacia de leitura, literacia de matemática, literacia de ciências e resolução de problemas.

Os Itens libertos encontram-se aqui.

Para saber mais sobre o PISA:

 

http://www.gave.min-edu.pt/np3/11.html

http://www.pisa.oecd.org



Publicado por marquesarede às 21:51
Link do post | comentar | favorito

RECOMENDAÇÕES

No ano lectivo passado, o Ministério da Educação, através da Direcção-Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular (DGIDC), enviou às escolas um Referencial para uma Oferta Alimentar Saudável, relativo aos géneros alimentícios que devem ou não ser fornecidos nos bufetes, bem como uma circular com as normas de alimentação nos refeitórios.

As recomendações da tutela não proíbem a venda de certos produtos, entre os quais os disponibilizados pelas máquinas de venda automáticas. Luís Capucha, director-geral da DGIDC, explica ao CM que “a proibição nem sempre é o melhor, pois torna os produtos mais apetecíveis e pode levar a consumos abusivos. Mais vale ter uma atitude educativa, de prevenção, ensinando o que é ou não saudável”.

O responsável anuncia que os agrupamentos vão ter, a partir deste ano lectivo, instrumentos para medir o estado de saúde e condição física dos alunos. “Melhorámos as infra-estruturas e há vários protocolos com empresas e municípios, além da Educação para a Saúde”, acrescenta.

No entanto, ainda há um longo caminho a percorrer. Carlos Oliveira, presidente da Associação de Doentes Obesos e ex-Obesos (Adexo), critica o facto de as recomendações não tomarem a forma de lei. “Nem todas as escolas cumprem”, acusa. Na sua opinião, “é complicado atrair as crianças a comer na escola quando as cantinas têm comida de má qualidade. É preciso melhorar os bares e cantinas e tornar a comida apelativa para evitar que os alunos vão comer às pastelarias ou aos fast food”.

O presidente da Adexo dá o exemplo de um “caso de sucesso” na prevenção da obesidade. Em Santiago do Cacém foi elaborado um projecto, em que aos alunos era proposta uma ementa para a semana seguinte (por exemplo, de comida minhota) e durante a semana eram realizados trabalhos e visitas à cozinha. “Os miúdos sentem-se interessados, conhecem os alimentos e acabam por gostar”,

São refeições baratas, rápidas e que agradam à vista e à maioria dos paladares. As cadeias de fast food investem milhões em promoções e publicidade direccionada para os mais novos, tendo criado até menus infantis. Em média, a necessidade calórica diária de uma criança de seis anos

É de 1700 calorias, as de dez anos precisam de 2400 calorias e as de 14 anos chegam 2700 calorias (2200 nas raparigas). Basta olhar para a tabela nutricional de uma cadeia de fast food, para verificar que consumir hamburgueres com frequência dispara o consumo calórico. Um hamburguer tem 850 calorias, uma embalagem de batatas fritas fica-se pelas 470 calorias, meio litro de refrigerante tem 220 calorias e um gelado chega às 367. Ou seja, numa só refeição uma criança pode consumir quase 2000 calorias. E isto sem contar com os bolos e doces à venda nas pastelarias próximas das escolas.

No ano lectivo que começou no dia 12, os almoços nos refeitórios custam 1,42 euros para alunos (0,71 para os carenciados) e 3,60 euros para docentes e não docentes

ARROZ SÓ AGULHA

Nas recomendações do ministério às escolas indica-se que o arroz só pode ser do tipo agulha. Já para a confecção de arroz doce deve ser utilizado arroz do tipo carolino

POUCOS FRITOS

As ementas apenas podem incluir fritos uma vez em cada duas semanas, recomenda a tutela. Podem ser servidas ementas alternativas, por razões médicas ou religiosas

CONGELADOS

Segundo as recomendações, almofadinhas, croquetes, lasanha, canelones, ravioli, rissóis de carne e pastéis de bacalhau devem ser de fabrico industrial e ultracongelados

EMENTA DIÁRIA NAS ESCOLAS

1 SOPA DE VEGETAIS FRESCOS – É permitida canja e sopa de peixe, no máximo duas vezes por mês

1 PRATO DE CARNE OU DE PESCADO – Em dias alternados, com acompanhamentos, mas tendo de incluir obrigatoriamente legumes cosidos ou crus.

1 PÃO DE MISTURA

SOBREMESA – Constituída diariamente por fruta variada da época; pode ainda haver doce/gelatina/gelado de leite/iogurte ou fruta cozida ou assada.

ÁGUA – Única bebida permitida

SEMANALMENTE OBRIGATÓRIA

1 PRATO DE CARNE – Bife/costeleta/escalope/carne assada ou estufada fatiada.

PRATOS DE CARNE OU PEIXE FRACCIONADOS
– Um máximo de duas vezes por semana

1 PRATO DE AVES OU CRIAÇÃO
1 PRATO À BASE DE LEGUMINOSAS
1 PRATO DE PEIXE À POSTA

MENSALMENTE OBRIGATÓRIO

2 PRATOS DE BACALHAU
1 PRATO À BASE DE OVO – Substituindo um de carne.

(Fonte: Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular)

 

estraído do portal FERSAP



Publicado por marquesarede às 21:46
Link do post | comentar | favorito

Posts recentes

EVENTOS

SONHAR

MEDIAÇÃO E PSICOTERAPIA N...

RESPONSABILIDADES

QUALIFICAR

ESTUDAR A EDUCAÇÃO

ELEGER

DESEMPENHO

FUSÕES

ESTADOS D'ALMA

Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Posts recentes

EVENTOS

SONHAR

MEDIAÇÃO E PSICOTERAPIA N...

RESPONSABILIDADES

QUALIFICAR

ESTUDAR A EDUCAÇÃO

ELEGER

DESEMPENHO

FUSÕES

ESTADOS D'ALMA

Arquivos

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Links
subscrever feeds