Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ALCOCHETADAS

Temas e notícias diversas sobre questões relacionadas com o ensino, actividades escolares, questões sociais e das novas tecnologias.

ALCOCHETADAS

Temas e notícias diversas sobre questões relacionadas com o ensino, actividades escolares, questões sociais e das novas tecnologias.

16
Jan07

Elementar


marquesarede

Escritorgif.gif

Um em cada dez portugueses tem falta de nutrientes essenciais para um bom desenvolvimento físico e intelectual. Vários especialistas reúnem-se hoje (dia 16), em Lisboa, no colóquio "Sabia que o Cérebro também Come?"

Um em cada dez portugueses tem falta de nutrientes essenciais para um bom desenvolvimento físico e intelectual, afirmou ontem um especialista da Associação Portuguesa de Nutricionismo (APN), apontando para uma investigação científica do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge. Os dados provêm do trabalho Insegurança Alimentar e Saúde em Portugal , elaborado por Sofia Guiomar, através de questionários a nível nacional.

Os nutricionistas, contactados pela Lusa, afirmaram que, além da "precariedade nutricional" que afecta cerca de um milhão de portugueses, existe uma noção errada de que a alimentação saudável é geralmente associada ao desenvolvimento físico e raramente ao intelectual. Para alertar para este tipo de questões, vários especialistas reúnem-se esta terça-feira no Hospital de D. Estefânia, em Lisboa, numa iniciativa denominada Sabia que o Cérebro também Come?

Vítor Dauphinet, da APN, sublinhou que uma boa nutrição tem um papel preponderante no "desenvolvimento intelectual das crianças", melhorando também a performance intelectual do cérebro adulto e "minimizando problemas de saúde mental". Segundo o especialista, "nas crianças, uma boa nutrição começa antes de esta nascer, com uma boa alimentação da mãe, continua na amamentação e permanece fundamental nos primeiros anos de vida para um bom desenvolvimento do cérebro". E completa: "Na amamentação, nutrientes como o ácido fólico são essenciais; as futuras mães também devem acautelar ácidos gordos essenciais, nomeadamente ómega 3, encontrados sobretudo no peixe", acrescentou.

Estudos recentes conseguiram demonstrar a relação entre níveis baixos de certas vitaminas do complexo B (fundamentais para a comunicação entre as células cerebrais) com sintomas de esquizofrenia, níveis baixos de ácidos gordos essenciais (ómega 3) com a depressão, bem como com o síndrome de hiperactividade e com o défice de atenção.

Dauphinet considera, contudo, que uma "boa nutrição é muito mais que manter o balanço energético". "É preciso educação alimentar e que as escolas apostem e potenciem a importância de uma boa nutrição para evitar inúmeras doenças", referiu. LUSA - 15.01.07

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

ASSOCIAÇÕES

PESQUISAS

MAPAS

OUTROS PAISES

DESANUVIAR

ECOLOGIA

EDUCAÇÃO

ÚTEIS

MEDICINA E SAUDE

LEGISLAÇÃO

INSTITUIÇÕES

OUTROS BLOGS

METEOROLOGIA

ORGANISMOS OFICIAIS

MOTORES BUSCA

COMUNICAÇÃO SOCIAL

TRADUTORES

ALCOCHETE

SECOND LIFE

Arquivo

    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D