Temas e notícias diversas sobre questões relacionadas com o ensino, actividades escolares, questões sociais e das novas tecnologias.
Domingo, 30 de Março de 2008
YOU TUBE
Quando, em 1995, António Guterres se enganou, frente às câmaras de televisão, a fazer de cabeça as contas do PIB (Produto Interno Bruto) o país ficou mais culto. É que, de repente, a maioria esmagadora da população passava a saber o que era o PIB, essa coisa distante, que vivia na boca dos políticos, economistas, alguns jornalistas e pouco mais. Agora, o vídeo da professora brutalizada na Carolina Michaelis, bem como todos os outros que todos os dias aparecem, está a ter o mesmo efeito: o país e ,sobretudo, os pais já sabem o que é o YouTube, essa coisa distante, que praticamente só vivia na boca dos filhos e que nunca despertou mais do que um longo bocejo à maioria dos encarregados de educação.

Uma leitura rápida por comentários deixados na web, em sites de jornais, em páginas de redes sociais, em blogues e etc, não deixa dúvidas: O culpado está descoberto. Desta feita, Satã assumiu a forma de site, vive na Internet e chama-se YouTube. Feche-se o YouTube! Processe-se o YouTube! Que Deus nos proteja do YouTube! Vamos já todos a correr para o Second Life, com a esperança de estar já montado o pelourinho virtual onde se queimará este demónio da modernidade...

Há uma geração inteira de pais e educadores que insiste em se demitir de perceber as implicações de se viver numa sociedade que realmente já não funciona da mesma forma, ao mesmo tempo que apetrecha os filhos com telemóveis de última geração e ligações à rede em computadores igualmente de última geração, pensando que se está a fazer bem. É o mesmo que pôr bólides de Fórmula 1 na mão de miúdos entre os 14 e os 18 ou 19 anos e mandá-los para a estrada.

Se hoje se acender a palha que se pretende que queime o YouTube , amanhã haverá mais mil YouTubes novos. É que ali entram 11 milhões de vídeos de todo o mundo por dia. Exacto, leu bem: 11 milhões por dia. Está lá tudo. Da violência na escola ao ensino de culinária, passando pela aprendizagem da música e a partilha de momentos de festa. Sim, há miúdos adolescentes em ambiente de festa, em vídeos inofensivos e com muita piada, onde se vê sobretudo camaradagem. Tudo o que se possa imaginar está no YouTube, até as perguntas de utilizadores aos candidatos à presidência dos EUA estão lá e foram passadas em directo pela CNN no debate nacional sobre o assunto. No entanto, são os pais que escolhem onde querem que os filhos figurem: num vídeo de violência e indisciplina escolar, ou no festejo de um golo da sua equipa favorita.

Vale a pena visitar o YouTube (ver link no fim deste texto) e falar com os miúdos sobre o assunto ou até pedir-lhes ajuda para encontrar conteúdo útil ou de lazer. A melhor maneira de desmobilizar o que se faz às escondidas continua a ser deixarmos perceber que também nos sabemos mover nos universos alternativos. Certamente que não resultará para todos, mas o resultado só pode ser melhor do que o actual.

As proibições e os castigos sobredimensionados nunca resultaram se não em apelo à resistência, o que pode realmente entornar o caldo no que toca ao uso da Internet.

Há um exemplo claro: no exacto momento em que um juiz brasileiro sentenciou, em 2007, o YouTube a uma multa e o obrigou a retirar o vídeo que mostrava uma quente Daniela Cicarelli (com um não menos acalorado namorado), em cenas escaldantes numa praia no Sul de Espanha, milhares de reproduções do mesmo vídeo foram replicadas por sites anónimos na Internet.

O editorial da revista brasileira "Veja" - considerada a "Time" do Brasil -, não podia ter sido mais certeiro sobre a sentença: "Feliz o país cuja cultura, cujo ambiente de negócio e cuja visão de mundo produzem o iPhone e o YouTube. Pobre do país que proíbe o YouTube".

Estava tudo dito.

Miguel Martins, editor de Multimédia do Expresso


Publicado por marquesarede às 12:12
Link do post | comentar | favorito

Posts recentes

EVENTOS

SONHAR

MEDIAÇÃO E PSICOTERAPIA N...

RESPONSABILIDADES

QUALIFICAR

ESTUDAR A EDUCAÇÃO

ELEGER

DESEMPENHO

FUSÕES

ESTADOS D'ALMA

Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Posts recentes

EVENTOS

SONHAR

MEDIAÇÃO E PSICOTERAPIA N...

RESPONSABILIDADES

QUALIFICAR

ESTUDAR A EDUCAÇÃO

ELEGER

DESEMPENHO

FUSÕES

ESTADOS D'ALMA

Arquivos

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Links
Costuma Participar nas reunioes de Pais?
1 vez por Ano
1 vez por Mes
Nunca participo
  
pollcode.com free polls

Tagzania: Pontos por marquesarede
MEIO AMBIENTE
subscrever feeds